16 de jun de 2011

What a feeling!

Bom depois de seis meses de pausa I’m Back!!

Passei uma boa parte desse tempo pensando no que escrever e em como levar esse blog adiante, porque bem ou mal eu gosto dele e apesar de só eu e uma meia dúzia de amigos o conhecerem eu gosto bastante de ter um lugar onde dá pra estender um pouco e escrever mais do que os 140 caracteres do twitter.

Enfim, escrevi um milhão e meio de textos que não saíram da minha cabeça, pensei em outro milhão de assuntos e até que um dia tive a ideia de falar um pouco de música.

Mas calma, não é De música, não entendo de música, eu só escuto música. Adoro! Por mim a vida teria trilha sonora como nos filmes, mas... peraí, tem!

Vocês já repararam que em muitos, vários, quase todos os momentos de nossas vidas tem música tocando? Presta atenção, as vezes é de propósito, as vezes é o pentelho adolescente com o celular tocando funk no ônibus, ou o cara que acha que tem um trio elétrico e empurra o axé pra todo o bairro escutar, as vezes é por acaso, no elevador, na sala, no quarto, pode ser uma música que marque um momento ou o momento que transforme a música, mas ela tá lá!

Daí então que eu resolvi falar um pouco da minha trilha sonora e do que cada uma das músicas significa pra mim. Porque acima de tudo a música foi feita para despertar sentimentos, emoções.


E que sentimento é a paixão!

Quimicamente são reações que ocorrem no cérebro despertadas por uma série de hormônios, neurotransmissores e essa verdadeira festa do caqui na sua cabeça te deixa completamente louca, inebriada, confusa, fazendo trapalhadas enfim acaba com a pessoa. Mas é docaralho estar apaixonada! Eu adoro, sou do tipo vamos soltar o freio e deixar vir!

Eu decidi que esse ano vai ser o da virada, primeiro porque é meu ultimo 30, depois porque cansei de ficar só na cogitação, já pensei e repensei tudo o que tinha de pensar e agora chegou a hora da ação.

E é exatamente o que essa música diz:

Take your passion
and make it happen.
Pictures come alive, now I'm dancing through my life
.

Comecei o ano já botando em prática a mais difícil de minhas resoluções, parar de fumar, e não fumo nenhum cigarrinho que seja mais desde 01/01.

Comecei a treinar corrida, e vou participar da São Silvestre no fim do ano, já estou fazendo 12 km em 120 min, e a meta é chegar em 15 km. Quando corro escuto musica, e fiz uma seleção maluca que com o shuffle fica legal e tá funcionando pra animar meu pique durante o treino.

A mudança que essa pratica fez em mim não consigo descrever, é fantástico, sensacional, tipo faz falta, é isso FAZ FALTA!

Junta com a música e a endorfina, dopamina, serotonina, e outros inas que o organismo vai jogando e a música tocando e as pessoas passando e eu me abstraio de uma tal maneira que é quase como gozar.

Sério!

First when there's nothing
but a slow glowing dream
that your fear seems to hide
deep inside your mind.

Não dá pra deixar o medo bloquear a gente de realizar o que sonhamos, para isso amadurecemos, aprendemos, estudamos e planejamos até a hora de colocar em prática, realizar!

Outra resolução minha que já foi pra pratica esse ano foi procurar ao máximo, aprender, entender como funciona e controlar a ansiedade. Eu sei a pretensão monstruosa disso, mas pra quem emagreceu uns 15 kg (ano passado), parou de fumar e tá correndo 12 km, acho que to no caminho certo.

É tudo um bolo só, uma mistura de elementos químicos que nós mesmos produzimos, um conjunto de sentimentos que de tão desordenados colocam uma certa ordem na vida. O lance todo é esperar o bolo assar pra comer com café e ser feliz!

6 comentários:

  1. Tudo depende dos ingredientes, vc quer seu bolo mais leve, mais aerado, outros preferem mais pesado, masi(detesto maiiis sempre digito errado) cheio de manteiga , chocolate, deep feelings...mas tudo sempre depende do tempo de cozimento( se fica pouco embatuma e murrrrcha , se fica muito fica duro e queima) e é claro do que fazemos com ele , uma dica com partilhar é sempre e mais prazeirosamente melhor , bjs e felicidades muuulher...e eu leio seu blog bobinha, naum importa qtos leem mas o conteudo que contem pois o tempo é sempre inimigo nosso e amigo das grandes obras...Andre Borges

    ResponderExcluir
  2. É isso mesmo! A mistura dos ingredientes e o tempo de cozimento é que dão o resultado!
    Tem coisa melhor do que compartilhar sentimentos bons com pessoas queridas?
    Adorei saber que vc lê! continue visitando que a porta aqui tá sempre aberta!!

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Que bom que voltou! Adorei o texto. Minha vida tbm tem trilha sonora.
    Beijos linda.

    ResponderExcluir
  4. Adorei a pergunta que vc deixou no meu blog
    =***

    ResponderExcluir

Palpitem, critiquem, julguem!